Central de Atendimento ao
cliente das 09:00h às 19:00h
0800 100 6600

ARTIGOS
09/02/2018
Concessão x Recuperação de Crédito
Concessão x Recuperação de Crédito
Clientes inadimplentes existem e ainda não se pode fugir deles, mas é preciso que o seu negócio tenha uma política de crédito eficiente para evitar dores de cabeça e prejuízos maiores no futuro. Para que você possa entender melhor, vamos falar sobre concessão e recuperação de crédito. Confira a diferença:
Concessão de crédito
 
O crédito amplia as possibilidades de pagamento para seus clientes. É possível oferecer, por exemplo:
- Crediário próprio, com pagamento via talão;
- Parcelamento por boleto bancário ou cheque pré-datado;
- Cartão de crédito próprio;
- Venda mediante assinatura de nota promissória.
 
Essas são algumas formas de pagamento em que a própria empresa assume a responsabilidade pelo crédito concedido ao cliente. Diferentemente de quando ela vende por cartão de crédito, em que os riscos da operação são transferidos para a bandeira emissora.
Para oferecer modalidades que trazem risco de inadimplência para a empresa, é preciso ter em mente que a concessão do crédito deve ser feita após análise criteriosa do perfil do cliente. Isso é muito importante para evitar prejuízos maiores no futuro.
 
Recuperação de crédito
 
A recuperação de crédito se faz necessária quando o crédito é contratado e o devedor não honra com os compromissos de pagamento no vencimento. Sendo assim, a empresa é que fica responsável pela cobrança, e tem por objetivo recuperar os valores não pagos.
Clientes inadimplentes trazem prejuízo para a empresa de diversas formas, veja algumas delas:
- Atrapalha o fluxo de caixa e o planejamento contábil, pois esperavam a entrada dos valores planejados no controle de recebimentos;
- A empresa pode ficar inadimplente em seus compromissos por não ter recursos para cobrir despesas como pagamento a funcionários e fornecedores;
- Acaba tendo gastos extras com pessoas específicas para realização de cobrança, emissão de correspondência, ligações telefônicas;
- A empresa credora também paga aos órgãos de proteção ao crédito (SERASA, SPC etc.) para negativar o nome do cliente inadimplente e realizar protestos de cheques e notas promissórias em cartórios. Muitos não sabem disso.
 
 
A diferença entre concessão e recuperação de crédito
 
A diferença principal entre eles, mesmo que estejam vinculados, é que a concessão é anterior à recuperação. Primeiro, se concede o crédito ao cliente e depois, caso o pagamento não seja efetuado, é preciso trabalhar na sua recuperação.
Cabe lembrar que dar crédito a alguém, aumenta a base de clientes, enquanto ter clientes que passaram por um processo de recuperação diminui: é assumir um risco, conceder uma nova oportunidade a alguém com histórico negativo.
Essa é uma escolha que põe em risco a saúde financeira do seu negócio! 
Veja Também
Alugar ou Financiar Uma Casa?
O sonho de adquirir a casa própria é quase que uma tradição entre os brasileiros. Esse pensamento
4 Dicas Para Controlar Gastos Desnecessários
Essa missão pode parecer muito difícil, mas fazer um planejamento anteriormente pode. . .
Vantagens de Comprar Carro em Leilão
Em meio a momentos de economia, que tal comprar um veículo no leilão?
Central de Atendimento ao cliente 0800 100 6600
Av. João Paulino Vieira Filho, 625 - Salas 1303 / 1304 - Ed. Empresarial New Tower
Zona 07 | Maringá | Paraná
Telefone: (44) 3123-6600
[email protected]